Um “Negócio da China” no México!…

Featured

Lá para trás, noutros “posts”, falei de imaginação, de tirar partido do pouco quando não se tem muito.

Uma das minhas primeiras impressões, ao começar a despertar e viver os dias por aqui, liga-se exactamente com isso.

Delas ficará sempre a ideia de um movimento constante, de um aproveitar a coisa mais simples, e às vezes menos óbvia para nós europeus, para fazer dinheiro. Da forma como publicitam tudo isso sem que a estética seja preocupação.

A mensagem a passar é a prioridade. Continue reading

Advertisements